Confiabilidade no tratamento com medicamentos homeopáticos e outros medicamentos dinamizados

Dedicado a todos os profissionas da área da saúde, pacientes e usuários.

Sobre a exposição a radiação não ionizante

Somos dependentes da tecnologia. Mas não devemos deixar que ela nos prejudique.

Medicamentos Homeopáticos, assim como Quânticos, Antroposoficos e Florais são muito sensíveis à interações com radiações não ionizantes provenientes de Equipamentos eletrônicos, celulares, wi-fi, Bluetooth, antes entre outros.

A exposição diária destes medicamentos a este tipo de poluição pode levar a perda do princípio ativo ocasionado a eficácia e perda da confiabilidade do tratamento.

Exemplo prático:
Retorno de consulta e resultado desejado

Em uma consulta com um médico homeopata, após a anamnese do paciente é receitado um medicamento para combater semelhante/semelhante o miasma do paciente. Espera-se no retorno desta consulta uma piora nos sintomas destacando o acerto do diagnóstico médico em tratar a causa do sintoma e caso não ocorra, outra estratégia será tomada.

Ocorre que depende do paciente ter a disciplina e cuidados necessários para que o tratamento seja eficaz entre a consulta e o retorno. A proteção do medicamento contra radiações não ionizantes é questão de PROTOCOLO conforme RCD nº26 da ANVISA, assim como evitar cânfora, cafeína e tomar o medicamento no horário correto habitual.

Cuidados com os medicamentos:
Algumas sugestões de cuidados por nossos especialistas

  • Evite manipular o medicamento;
  • Não deixe-o perto de odores fortes;
  • Proteja contra radiações não ionizantes;
  • Proteja contra luminosidade excessiva;
  • Proteja contra o calor excessivo;
  • Não ingerir alimentos 15 minutos antes e depois de tomar os medicamentos;
  • Respeite sempre a validade dos medicamentos;
  • Não se automedique;
  • Medicamentos homeopáticos são individuais;
  • Não diluir o medicamento em outros líquidos senão água

 

Envie-nos um WhatsApp
0